logo

Técnicos da Secretaria de Agricultura de Quatro Marcos e EMPAER-MT debatem projetos para fortalecer a Agricultura Familiar


Por Por Assessoria

Técnicos da Secretaria de Agricultura de Quatro Marcos e EMPAER-MT debatem projetos para fortalecer a Agricultura Familiar

Foto: Reprodução

Na terça-feira dia (4), técnicos da Secretaria de Fomento Agropecuário, Indústria e Comércio (SEFAICO) e da Empresa Mato-Grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (EMPAER), se reuniram para debater projetos para fortalecimento da Agricultura Familiar do município de São José dos Quatro Marcos-MT. A reunião ocorreu na sede do escritório da empresa estadual.

A reunião contou com a presença do secretário municipal de Agricultura Vagner Meira e do Engenheiro Agrônomo Ademir Patrik de Moura, pela Secretaria de Agricultura, e dos Técnicos em Agropecuária Amadeus Pereira da Silva e Jailson de Souza Brandão e o Médico Veterinário Irezê Moraes Ferreira, da EMPAER. Dentre os assuntos debatidos, esteve a: elaboração de projetos do PRONAF, emissão de DAP físicas e jurídicas, PNAE, PAA, Terra Brasil Crédito Fundiário, Titula Brasil, Viveiro Municipal de Mudas, Viveiro de Mudas de Capiaçu, área da antiga CASEMAT, e a implantação de Unidades de Referência Tecnológicas (URTs) de Café, Bovinocultura de Leite, Piscicultura e Banana.

Segundo o Secretário Municipal Vagner Meira, “a parceria entre Secretaria de Agricultura e EMPAER para o desenvolvimento de projetos de fomento agropecuário é fundamental para promover o fortalecimento da Agricultura Familiar de São José dos Quatro Marcos”.

Desde o início de 2021, com a nova gestão municipal, as duas instituições têm buscado fortalecer a parceria na realização de ações conjuntas e articuladas a favor do setor desenvolvimento agropecuário, com foco no fortalecimento e sucessão da Agricultura Familiar.

A EMPAER é uma empresa pública de pesquisa e extensão rural que tem como missão promover desenvolvimento sustentável do meio rural, com prioridade para a Agricultura Familiar. Entre os serviços oferecidos pela empresa estão: assistência técnica; capacitação de agricultores; elaboração de projetos de crédito rural (PRONAF, PRONAMP, FCO); pesquisa agropecuária; análises laboratoriais de solo; comercialização de mudas e alevinos; e, apoio na execução de políticas e programas públicos do Governo Federal, Estadual e municipal. No município, o escritório da empresa estadual de assistência técnica está em funcionamento desde 1979.

Secretaria de Agricultura realiza Curso de Conservas de Vegetais e Hortaliças pelo SENAR-MT

Entre os dias 27 a 29 de abril, mulheres agricultoras do município de São José dos Quatro Marcos participaram do curso de Produção Caseira de Conservas de Vegetais e Hortaliças executado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT).

O curso ocorreu na sede social do Assentamento Chico Mendes e foi organizado pela Secretaria Municipal de Fomento Agropecuário, Indústria e Comércio (SEFAICO), em parceria com o Sindicato Rural e as associações rurais do Assentamento Chico Mendes e do Assentamento União da Vitória.

O objetivo do curso foi capacitar os participantes para a produção caseira de conservas de vegetais e hortaliças, aplicando técnicas de boas práticas de manipulação de alimentos. O curso teve carga horária de 24 horas e envolveu 15 participantes dos dois assentamentos. A capacitação foi ministrada pela instrutora Sandra Alves.

Segundo o Secretário de Agricultura Vagner Meira, a técnica de produção de conservas garante maior tempo de preservação de vegetais e hortaliças produzidos na área rural, melhorando a segurança alimentar, agregando valores e gerando renda para as famílias rurais da agricultura familiar.

No curso foi feita a preparação de massas, molhos, catchup, temperos, pastas, enchidos e picles de diferentes hortaliças, tais como beterraba, pepino, brócolis, repolho, abobrinha, cebola, alho, berinjela, pimentão, jurubeba, jiló, quiabo, tomate, entre outros.

Na realização dos cursos do SENAR, todas as medidas de prevenção contra a Covid-19 são adotadas, como aferição de temperatura corporal, uso obrigatório de máscaras, uso de álcool em gel e distanciamento social entre os participantes.