logo

Detran-MT orienta motoristas quanto aos itens obrigatórios de segurança dos veículos


Por Fred Moraes - Detran-MT

Detran-MT orienta motoristas quanto aos itens obrigatórios de segurança dos veículos

Foto: Reprodução

Durante fiscalização, a ausência ou mau funcionamento de sistema de freios, farol, buzina e cinto de segurança pode gerar multa de R$ 195,23, cinco pontos na CNH e retenção do veículo

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) orienta os motoristas quanto aos itens de segurança obrigatórios que devem estar em pleno funcionamento no veículo para garantir a segurança do condutor, passageiros e evitar acidentes. Conforme o Código, é fundamental a manutenção periódica de sistema de freios, farol, buzina e cinto de segurança.

Durante abordagem de fiscalização de trânsito, a ausência desses equipamentos ou a má conservação de algum deles pode ser considerada infração grave, com multa de R$ 195,23, cinco pontos na CNH e retenção do veículo para regularização.

Conforme o gerente de vistoria do Detran-MT, Ademar Carlos Schultz, o farol é um dos itens que são observados durante a vistoria veicular e que é mais negligenciado nos veículos por parte dos motoristas. Já nas motocicletas, os itens que são constatas mais irregularidaes são os escapamentos e retrovisores.

“Para os faróis, o Código de Trânsito permite apenas o uso das lâmpadas originais de fábrica e não as modificadas de LED. Já nas motocicletas, os condutores costumam alterar o retrovisor para poder utilizar de tamanhos menores, além disso, observamos o uso irregular dos escapamentos, o que é proibido por lei”, relatou o gerente.

O corretor de seguros Sérgio Fernando adquiriu um veículo usado e foi ao Detran para realizar a vistoria para a transferência de propriedade. “É importante a regularização veicular junto ao Detran e também a vistoria para circular com o veículo em conformidade com as normas de trânsito e garantir minha segurança enquanto condutor”, afirmou.  

Em 2021, mais de 33 mil veículos foram vistoriados na sede do Detran-MT, em Cuiabá. O objetivo da vistoria é verificar a autenticidade da identificação do veículo e de sua documentação, legitimidade da propriedade, se o veículo dispõe de equipamentos obrigatórios e se estes estão funcionando; se há alterações das características originais do veículo e de seus componentes agregados. Caso constatada alguma alteração, os técnicos avaliam se esta foi autorizada, regularizada e se consta no prontuário do veículo na repartição de trânsito.